Preço de custo

Apelidada como “obra a preço de custo”, o regime de administração é aquele em que os futuros proprietários dos apartamentos ou escritórios contratam uma construtora para administrar o andamento das atividades no canteiro, além dos serviços burocráticos - à qual se paga um percentual que é prefixado sobre o custo da obra.

Como donos do negócio, acompanham as decisões e etapas da construção.

Por isso, quem investe também sabe os valores de cada item e as melhores opções de compra: tudo é feito a partir do “preço de custo”.

Todos os recursos são custeados diretamente pelos adquirentes, previstos por meio de um orçamento inicial.

No regime por administração, formula-se um orçamento inicial que pressupõe o valor final da obra baseado no projeto e calculado em detalhes para que os adquirentes conheçam a dimensão do empreendimento.

Então, a quitação é feita conforme o andamento da obra: paga-se apenas por aquilo que for gasto efetivamente - não se trata de um financiamento, portanto, não há juros.

Quando gastos extras são necessários em uma obra de empreitada, o dinheiro para o custeio deve sair ou da margem de risco prevista, ou do lucro da empresa responsável.

INCORPORAÇÃO

Compra o terreno

• INCORPORADOR
• Vende uma unidade autônoma

CONSTRUTORA

• Taxa de adm da obra

BANCO

• Financia a obra e financia para o cliente após a obra

COMPRADOR

• 20 a 30% durante a obra e financia o restante com o banco (juros)

PREÇO DO IMÓVEL

• Terreno + custo da construção + taxa de adm + juros do banco + lucro incorporador

ADM

CONSTRUTORA

• Compra o terreno e vende a fração de cada unidade (numero de apartamentos)

COMPRADOR

• Compra a fração do terreno • Contrata a construtora • Paga a obra inteira a preço de custo

PREÇO DO IMÓVEL

• Terreno + custo de construção + taxa de adm.

Fale conosco

Formulário de contato

Preencha os campos abaixo para entrarmos em contato:

Enviar mensagem